Agricultura e tecnologias

MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA : efeitos na produção, no meio ambiente e seus riscos

Seu conceito e um pouco de história

A Mecanização Agrícola tem como objetivo o emprego adequado dos equipamentos e máquinas agrícolas, visando sua otimização e viabilidade da obtenção de altas produtividades agropecuárias, com a racionalização dos custos e a preservação dos recursos naturais e do meio ambiente.

História da mecanização agrícola no brasileira e sua evolução

Segundo uma matéria da revista Mundo Agrícola de Junho de 1965, a mecanização aqui no Brasil iniciou-se depois da Segunda Grande Guerra. As importações ocorreram de forma desenfreada sendo que esse maquinário provindo do mercado americano e europeu não era adaptado às nossas condições e pela precariedade das construções, causando assim a paralisação das máquinas. Para exemplificar um dos problemas dessa importação, segue um trecho da revista O Dirigente Rural de Jan/Fev de 1972.

Na edição de Junho de 1965 da revista Mundo Agrícola, foi dito que a implantação da indústria de trator data de 1965 quando foi criado o Grupo de Trabalho de Mecanização da Agricultura. O Decreto nº 40.260, de 01 de Novembro de 1956, estabelecia normas reguladoras da importação e distribuição de tratores e implementos agrícolas, orientando também, a sua nacionalização progressiva.

fonte: http://picasaweb.google.com/TractorTestMuseum

AS TECNOLOGIAS APLICADAS NA MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA TÊM SEU LADO BOM COMO TAMBÉM TÊM SEU LADO RUIM. NOS ÚLTIMOS ANOS A MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA AUMENTOU SIGNIFICATIVAMENTE, PORÉM COMO CONSEQÜÊNCIA, AUMENTOU O DESEMPREGO DOS TRABALHADORES RURAIS. NO SETOR SUCROALCOOLEIRO A SITUAÇÃO PIORA, POIS O CONTINGENTE NECESSÁRIO É GRANDE E COM A IMPLANTAÇÃO DE MAQUINÁRIO, O NUMERO DE TRABALHADORES QUE PERDEM SEUS EMPREGOS TAMBÉM É GRANDE.

Os pontos positivos da mecanização estão no trecho abaixo retirado de uma reportagem escrito por Adriana Monteiro, da Redação Globo Rural.

Todo esse processo de mecanização no campo, melhorou a qualidade de vida dos agricultores brasileiros. O trabalho tornou-se menos árduo e em menos tempo o agricultor produzia mais. É claro que esse processo teve como conseqüência o êxodo rural, mas os produtores que ficaram no campo tiveram melhores condições de trabalho, maior produtividade e obtiveram uma renda maior”, afirma Dallmeyer.
Além dessa melhora na produtividade e na rentabilidade, o trator também tinha sua função fora das colheitas. Ele era muito usado no transporte dos agricultores para ir à cidade, o que dava um certo ‘status’ ao produtor. Até hoje, as máquinas agrícolas servem de diferencial social no campo.
Hoje em dia o uso do trator se tornou essencial para produção agrícola brasileira seja ela de que tamanho for. Além de tratores também são utilizados implementos como a grade, a plantadeira, o cultivador, pulverizador de barra e a colheitadeira, estes estão presentes em qualquer propriedade que se julgue com fins produtivos. Mas mesmo assim existe a dificuldade de lucros, pois ao passo que surgem novas tecnologias as máquinas e implementos são aperfeiçoados e desta forma reduzem o tempo e os custos de produção e o agricultor precisa trocar seu maquinário para manter-se no mercado.
Porém o futuro da agricultura está na precisão e em maquinas agrícolas com sistema informatizado que utilizam de computadores de bordo, GPS , sistemas de controle automáticos de, estabilidade, posicionamento junto ao solo, quantidade de aplicação de insumos e são cada vez menos poluentes e maiores.  Os maquinários modernos precisam cada vez menos de seus operadores na tomada de decisão no desenvolvimento de seus serviços, tornando assim a possibilidade de erro humano menor.

Exemplos dessa modernidade no Brasil são: Grandes máquinas! 

Trator Massey Ferguson  série MF 7000 Dyna-6

fonte: http://www.massey.com.br/portugues/Destaque/destaque.asp?ID=549

Plantadeira John Deere DB90 (mais cobiçado do mercado!)

fonte: http://www.deere.com.br/pt_BR/ag/products/new-equipment/planters/pl_db/caract_db90.html

Pulverizador UNIPORT 3000 4X4 Jacto

fonte: http://www.viarural.com.ar/viarural.com.ar/insumosagropecuarios/agricolas/pulverizacion/jacto/autopropulsados/uniport-3000-hidrostatico-vortex-01.htm

Distribuidor Hercules 10000 STARA S

fonte: http://br.viarural.com/agricultura/maquinaria-agricola/stara/hercules-10000-02.htm

Colheitadeira New Holland CR9060

fonte: http://www.supertratores.com/index.php/supertratores/colheitadeiras/

A  mecanização agrícola e sua evolução trouxeram ao produtor brasileiro assim como no mundo todo, maior qualidade e produtividade da agricultura, e que é preciso que o governo elabore programas para investir e facilitar a compra de maquinários modernos entre outras ações afirmativas. Pois existe dificuldade de produção no Brasil, devido a falta de subsídios e altos impostos sobre os insumos agrícolas. Sendo que o melhoramento genético das espécies cultiváveis evolui, surgem técnicas mais sustentáveis de produção e o mundo começa pedir cuidados com o meio ambiente. Possibilitar ao agricultor acesso a maquinas e implementos modernos é a chave do sucesso da agricultura. Para que você curta anda mais esse comentário, selecionei aqui vídeos de como ter rentabilidade nas colheitas utilizando máquinas eficientes e tratores, além de como fazer a limpeza e como proceder o mesmo no uso dos grãos. Explicados pelo técnico agrícola da Embrapa Milho e Sorgo,  João Batista Guimarães Sobrinho, da área de Transferência de Tecnologia.

1. Mecanização Agrícola – Parte I

Esse vídeo, explica como deve ser feita a regulagem das plantadeiras, com o intuito de aumentar a produtividade do milho. Veja que a cada safra é necessário fazer uma nova regulagem, já que diferentes sementes estarão disponíveis no mercado.

2.  Mecanização Agrícola – Parte II

Neste vídeo, o técnico mostra que são necessários ajustes na própria lavoura para validar regulagens feitas anteriormente nas plantadeiras.

3. Mecanização Agrícola – Parte III

Esse vídeo explica como deve ser feita a regulagem das plantadeiras, especificamente na parte de adubos, com o intuito de aumentar a produtividade do milho.

4. Mecanização Agrícola – Parte IV

Aqui o técnico explica como deve ser feita a regulagem das plantadeiras, com o intuito de aumentar a produtividade.

 

Aproveite e até a próxima!

JY  geotecnologias

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: