Arquivo do autor:Jana Yres

Supernovidade: Compre agora o Drone Pentax D-600!!!

21/06/2017  JY  Geotecnologias

 

Guia informativo para estudos de conservação para o Cerrado e Caatinga

21/06/2017  JY Geotecnologias

livro caatinga

Olá pessoal,

Deixo com vocês esse guia técnico feito pelo Centro Internacional de Pesquisa Agroflorestal o qual concilia a interação social com as práticas de conservação ambiental, levantando a importância das práticas de preservação de áreas legais, APAs, além de apresentar exemplos de experiencias contadas em depoimentos por quem já vivenciou essas práticas conservadoras. Vale a pena baixar !

BAIXE AQUI

Boa sorte na pesquisa e até a próxima!!!! 

V Congresso de Palma e outras Cactáceas 2017

14/06/2017    JY Geotecnologias

Resultado de imagem para cactaceas

Olá todos,

Ainda dá tempo de se inscrever! Eu amo cactáceas!

Segundo informações da comissão, as Federações de Agricultura e Pecuária do Nordeste, em parceria com a CNA – Confederação da Agricultura e Pecuário do Brasil, SENAR e o SEBRAE realizam nos dias 07 e 08 de agosto de 2017, em Parnamirim – Rio Grande do Norte, a segunda edição do AGROPEC SEMIÁRIDO, mais uma vez irá focar todos os seus trabalhos e discussões na região semiárida.
O evento faz parte dos programas “Sertão Empreendedor” e “Viver Bem no Semiárido”, oferecidos pelas entidades organizadoras, já consolidados e com resultados exitosos.
O AGROPEC SEMIÁRIDO é um seminário que aproxima a tecnologia validada nos centros de pesquisa ao produtor rural em um rico ambiente de discussão, composto de palestras teóricas e dinâmicas, painéis, debates, apresentação de trabalhos científicos, de casos de sucesso ou de excelência produtiva, exibição de empresas produtoras de máquinas e implementos de pequeno porte. Nomes de destaques nacional e internacional farão parte do quadro de palestrantes.

Mais informações e inscrições aqui: AGROPEC2017

Boa Sorte !

 

 

 

 

 

 

 

IX Congreso Iberoamericano de Tecnología Postcosecha y Agroexportaciones 2017

13/06/2017   JY GEOTECNOLOGIAS

lc2

HOLA TODOS, OLÁ PESSOAL,

Será realizado o IX Congreso Iberoamericano de Tecnología Postcosecha y Agroexportaciones (www.congresopostcosecha.cl), evento patrocinado pela  Asociación Iberoamericana de Tecnología Postcosecha (AITEP) que se realizará na cidade de Santiago de Chile entre el 29 de noviembre e 1 de diciembre de 2017.

Será organizado de forma conjunta pela  Facultad de Ciencias Agronómicas de la Universidad de Chile y el Instituto de Investigaciones Agropecuarias (INIA).

As inscrições seguem abertas, faça um click aqui: CONGRESO

O objetivo principal é apresentar as novas tendencias de mercado e exportaçõs, bem como as inovações tecnológicas de colheita e pós colheita dos alimentos, as cadeias de produção, os investimentos gerados nos ultimos anos com o melhoramento das industrias e muito mais.

Participem !

 

Artigo: Educação e Conhecimento em Ciências Ambientais

08/06/2017  JY  Geotecnologias

Sonsbeck_-_agri_05_ies

Olá pessoal,

Deixo aqui com vocês um artigo muito interessante no que diz respeito as práticas que motivam e impulsionam a sustentabilidade do planeta. Vale a pena ler!

As ciências desempenham um importante papel na divulgação do real significado das transformações do nosso planeta, enquanto sustentador da vida, com as estratégias apropriadas de desenvolvimento de acordo as várias áreas do conhecimento.

Atualmente, muitos pesquisadores apontam que a Educação Ambiental é uma das principais formas de atuação do movimento ecológico que pode obter resultados práticos e significativos. Esses resultados podem ser obtidos através das Ciências Ambientais, que é uma área criada para aprofundar mais nas disciplinas que são relacionadas ao Meio Ambiente como: Ecologia, Biologia, Geografia e Zoologia. A partir desse aprofundamento interdisciplinar, poderá estudar soluções para os grandes impactos ambientais gerados pelo homem.

No final do século XVIII são bastante intensos os impactos da Revolução Industrial sobre as condições de vida e saúde das populações. Principalmente nos países europeus, onde houve maior desenvolvimento nas relações industriais e de produção.  Contudo, esse domínio da tecnologia moderna sobre o meio natural trouxe conseqüências negativas para a qualidade da vida humana em seu ambiente. O homem, afinal, também é parte da natureza, depende dela para viver, e acaba sendo prejudicado por muitas dessas transformações, que degradam sua qualidade de vida.

O desenvolvimento da sociedade, impulsionada pela globalização, faz com que cada vez mais sejam absorvidos profissionais capacitados a planejar e gerenciar a qualidade do meio ambiente, assim, é a própria sociedade que demanda a participação destes profissionais no processo produtivo, obrigando as empresas e governos a situarem-se dentro de padrões economicamente produtivos, socialmente responsáveis e ecologicamente corretos para diminuir os problemas no meio ambiente.

Diante dos problemas sócio-ambientais, pode-se citar os mais graves segundo dados da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e desenvolvimento Sustentável:

  • Crescimento demográfico: A população mundial é de 6,1 bilhões de habitantes e deve chegar a 9,3 bilhões em 2050.
  • Pobreza e desigualdades: cerca de 2,8 bilhões de pessoas vivem com menos de US$ 2 por dia e cerca de 80% da riqueza mundial está nas mãos de 15% dos habitantes dos países mais ricos.
  • Superexploração dos recursos: a cada ano, a utilização dos recursos supera em 20% a capacidade do planeta de regenerá-los. Em 2050, a população mundial vai consumir entre 180% e 220% do potencial biológico do globo.
  • Mudanças climáticas: a combustão do petróleo, gás e carvão provoca emissão de dióxido de carbono (CO2) e outros gases de efeito estufa que contribuem para o aquecimento do planeta.
  • Buraco na camada de ozônio: a camada de ozônio que cerca a Terra e a protege dos raios ultravioletas emitidos pelo sol diminuiu sob o efeito do clorofluorcarbono (CFC) utilizado em alguns produtos. Esse “buraco” que esta em cima do Antártico media 30 milhões de km² em outubro de 2001 e tende a aumentar.
  • Espécies ameaçadas: 11.046 espécies animais estão ameaçadas de extinção nas próximas décadas, principalmente pelo desaparecimento de seu habitat natural, o que representa 28% das espécies mamíferas, 15% dos pássaros, 28% dos répteis, 25% dos anfíbios e 40% dos peixes.
  • Acesso à água: cerca de 1,1 bilhão de pessoas não têm acesso a água potável e 2,4 bilhões não vivem em condições sanitárias decentes. A metade dos rios do mundo está num nível muito baixo ou poluído.
  • Erosão do solo: o crescimento da população acarreta uma enorme pressão sobre a agricultura e portanto uma demanda crescente de terras agrícolas.

Nas próximas décadas, a sobrevivência da humanidade vai depender da educação ecológica, da capacidade do ser humano compreender os princípios básicos da ecologia e viver de acordo com eles. Isso significa que essa educação tem de tornar-se uma qualificação essencial dos políticos, líderes empresariais e profissionais de todas as áreas, e tem que ser, um dos  assuntos mais importantes da educação primária, secundária e superior.

A natureza e o homem devem viver em harmonia e equilíbrio, com isso, precisamos ensinar aos estudantes os fatores fundamentais da vida e a educação através das ciências ambientais, que é o primeiro passo em direção à sustentabilidade.

Por: Romulo Lima, Geógrafo, UESB-BA.

Mercado de Máquinas Agrícolas aquecido !

06/06/2017  JY  Geotecnologias

Imagem relacionada

Olá pessoal,

Estamos em uma ótima fase no momento quanto ao mercado agrícola!

 Com a expectativa de queda na taxa de juros temos ai uma das razões para as boas perspectivas do agro.

Em abril, as exportações de máquinas para a agricultura caíram 11,5%, na comparação com março. No entanto, no acumulado do ano, o setor cresceu 61%. Já as importações de máquinas para agricultura tiveram queda de 37,5% em abril com relação ao mês anterior, e crescimento 9,4% no acumulado do ano.

O presidente da Abimaq, João Carlos Marchesan, destacou a importância do desempenho do agronegócio para a indústria de máquinas e equipamentos e para a economia brasileira. “Estamos vivendo uma crise desigual no Brasil. Ao mesmo tempo em que apresentamos uma situação diferenciada, em que setores de máquinas e bens de capital caem, o segmento do agronegócio e de máquinas agrícolas continua crescendo. Nós devemos ao agronegócio e isso continua incrementando as suas fronteiras agrícolas, como a sua produção, que registra recordes (232 mi de toneladas de grãos)”, afirmou.

Ainda fala que a expectativa da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas (CSMIA), da Abimaq, é que o setor cresça 15% neste ano. “Estamos nos embasando, inclusive, no novo Plano Safra, que será anunciado no próximo dia 5 de junho. A tendência é que os juros para investimento do Moderfrota caiam”, disse. “Temos certeza de que o Brasil vai retardar a queda do crescimento em função do bom desempenho do agronegócio. O agricultor continua crescendo e investindo muito”, concluiu.

 

Fonte: Clarisse Sousa

Geoprocessamento: Manual de Agricultura de Precisión

02/06/2017   JY  Geotecnologias

agri de precisao blog

Olá pessoal,

Deixo com vocês esse manual bastante instrutivo no qual aborda conhecimentos e avanços que existem em tecnologias como essa. Essa publicação foi pensada com o objetivo de facilitar o acesso a informação, ao treinamento e capacitação de profissionais de campo que costumam enfrentar inúmeros desafios na agricultura.

Não deixem de baixar! Recomendo para aqueles que praticam e trabalha com Agricultura de precisão.

Produzido pelo Programa Cooperativo para el Desarrollo Tecnológico Agroalimentario y Agroindustrial del Cono Sur

Baixar Manual

 

GPS Garmin você encontra na Allcomp! Solicite orçamento!

01/06/2017 JY Geotecnologias

2° Workshop de Geoprocessamento com Software Livre 2017

29/05/2017  JY Geotecnologias 

Olá todos,

As inscrições para o Workshop seguem abertas! Evento gratuito !

Promove a você estudante e profissional da área obter mais conhecimento e informação instrutiva para assegurar-se em projetos que envolva o uso de softwares livres.

Site de inscrição: CLICKGEO

 

 

11º Congresso Brasileiro do Algodão 2017

25/05/2017  JY Geotecnologias

Divulgação -

Olá todos,

Segundo informações da EMBRAPA ALGODÃO, aqui de Campina Grande, ainda está aberta as inscrições e envio de resumos para o Congresso Brasileiro do Algodão.! Ainda há tempo!

Encerra dia 30 de maio o prazo para submissão de trabalhos no 11º Congresso Brasileiro do Algodão (CBA).

O evento acontecerá de 29 de agosto a 1º de setembro de 2017, em Maceió, Alagoas.

TEMA:

Inovação e rentabilidade na cotonicultura, o evento contará com uma ampla programação de minicursos, mesas-redondas e plenárias sobre as principais questões e demandas do setor algodoeiro. A realização é da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), com apoio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e apoio científico da Embrapa Algodão.

Nesta edição serão aceitos trabalhos de 13 áreas de conhecimento: Beneficiamento, Biotecnologia, Entomologia, Fisiologia vegetal, Fitopatologia-Nematologia, Fitotecnia, Matologia, Melhoramento vegetal, Nutrição de plantas, Sistemas de produção, Socioeconomia, Qualidade de fibras e Sustentabilidade.

A submissão de trabalhos científicos : site do evento.

Os trabalhos selecionados pela comissão científica do 11º CBA serão divulgados no dia 1º de agosto e serão expostos em formato de pôsteres que seus autores poderão apresentar aos visitantes. Os melhores trabalhos receberão uma premiação a ser definida pela organização do evento. Também será premiado o melhor trabalho de aluno de graduação sobre a temática do agronegócio do algodão.

O autor principal pagará uma taxa diferenciada pela inscrição no valor de R$ R$ 550,00. Mais informações sobre inscrição, envio de resumos e especificações do pôster estão disponíveis aqui.

A programação científica do congresso já está disponível. Para conferir acesse: http://www.congressodoalgodao.com.br/programacao-cientifica

BOA SORTE GENTE!

Fonte: EMBRAPA ALGODÃO