Tecnologia da Tuzzi amplia força no mercado agrícola !

20/08/15  JY  Geotecnologias

Com o trabalho direcionado para testes de produtos e projetos em desenvolvimento, o Centro Tecnológico Tuzzi (CTT)  ganha cada vez mais a confiança de grandes segmentos do mercado brasileiro, como é o caso do setor agrícola e automotivo. Após completar um ano desde o início de suas atividades em abril de 2014, o CTT está mais maduro, com casos de sucesso e mais próximo de grandes empresas que optaram por avaliar seus produtos numa base de testes aqui no Brasil.

“Neste período, já demos passos importantes como a homologação de montadoras de tratores multinacionais para realização de testes e desenvolvimento de novas soluções que serão lançadas no mercado agrícola em 2016”, pontua César Bonacini, gerente comercial da Tuzzi. Com resultados positivos, as próprias multinacionais do setor já passaram a indicar o trabalho para testes e validação.

De acordo com Bonacini, a instalação do CTT fortaleceu a imagem e a marca da empresa que sempre prezou pelo desenvolvimento de produtos com alta tecnologia, além de ter criado uma aproximação maior entre a Tuzzi e as montadoras.  “Além de sermos conhecidos como fabricante de peças, com o CTT, sentimos que o mercado já nos reconhece como uma parceira no desenvolvimento completo de novas soluções”, garantiu.

Neste primeiro ano do Centro Tecnológico, só para o setor agrícola, foram realizados testes no sistema de terceiro ponto e em uma ampla variedade de modelos de implementos. Bonacini atribui isso a própria evolução do mercado nacional que está cada vez mais alinhado com as tecnologias globais demandando uma evolução das engenharias.

Outros mercados também demonstraram interesse em utilizar o CTT como base de testes de novos produtos, como o mercado aeronáutico e de energia eólica, que são setores em expansão e, por isso, bastante promissores. “Estamos entusiasmados por sermos procurados por esses segmentos. É importante saber que o resultado do nosso trabalho tem repercutido positivamente em novos setores para a Tuzzi”, disse.

Com uma demanda crescente e evoluindo mais rápido do que o previsto, Bonacini acredita que ainda existe um vasto mercado a ser explorado para esta primeira fase e não perde o foco quando o assunto são as prioridades do Centro Tecnológico. “Para o próximo ano, com certeza, nossos investimentos serão direcionados para a ampliação na captação de novos profissionais para o CTT”, completou.

Fonte: Empresa TUZZI

Anúncios

Sobre Jana Yres

Graduação em Engenharia Agrícola-UFCG , Atuação profissional: AESA (Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba). Áreas de atuação: Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto. Aplicação de aulas de SIG e PDI , atuação nas áreas de agrometeorologia, irrigação e drenagem (zoneamentos agrícolas), trabalhos em campo com dimensionamento de áreas (Agrimensura) e Mapeamentos aplicados a projetos rurais, florestais e recursos hídricos. Gestão Ambiental - analise e consultoria. É professora de Língua Espanhola. Participa de um projeto social da UFCG, o cursinho pré-vestibular solidário.

Publicado em 20/08/2015, em Mercado Agrícola. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: