Alemanha desenvolve novos satélites do tipo meteorológico

25/05/14      JY   geotecnologias

Mais satélites meteorológicos estão em desenvolvimento pela Agência Espacial da Alemanha, confira:

Agência Espacial Europeia e a Airbus estão desenvolvendo em Berlim os satélites meteorológicos mais sofisticados do momento.

O satélite meteorológico MetOp foi usado ​​para prever tempestades e anticiclones, mas sua última geração, que foi lançada no Air Show Berlim ( ILA ), garante a construção da maior fonte de dados de medição do nosso planeta.

Na presença da chanceler alemã Angela Merkel, que está pessoalmente interessada pelo projeto, a Agência Espacial Europeia (ESA) e Airbus Defence and Space em Berlim assinaram os primeiros documentos do contrato que marcam o início do desenvolvimento e fabricação da segunda versão do satélite meteorológico MetOp .

– Os Satélites MetOp representam hoje uma importante fonte de dados de medição mundial destinados à previsão do tempo, podendo contribuir com benefícios socioeconômicos para os habitantes da Europa- , prevê François Auque, que trabalha no Space Systems, entidade que criptografa as vantagens de lidar com os grandes dados da atmosfera da Terra.

O satélite está programado para ser lançado de forma individual, com uma massa de lançamento de cerca de quatro toneladas. Os satélites serão colocados em uma órbita polar sincronizada com o Sol a uma altitude de 834km , como a primeira geração de satélites MetOp , e cada um terá uma vida útil de 7,5 anos . O lançamento de um primeiro satélite será em 2021, e será seguido por um satélite B em 2022 , isto marca o início da implantação do novo sistema polar EUMETSAT. No total, três conjuntos de satélites A e B asseguram uma vida útil nominal de 21 anos.

O fabricante MTU alemão também apresentou no ILA o motor PW1500G para uma operação que exige 15% menos combustível, emite 15% menos CO2 e é mais silencioso do que qualquer outro mecanismo desse tipo, reduzindo o ruído percebido pela tripulação e os passageiros a metade.

Fonte: O globo

Anúncios

Sobre Jana Yres

Graduação em Engenharia Agrícola-UFCG , Atuação profissional: AESA (Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba). Áreas de atuação: Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto. Aplicação de aulas de SIG e PDI , atuação nas áreas de agrometeorologia, irrigação e drenagem (zoneamentos agrícolas), trabalhos em campo com dimensionamento de áreas (Agrimensura) e Mapeamentos aplicados a projetos rurais, florestais e recursos hídricos. Gestão Ambiental - analise e consultoria. É professora de Língua Espanhola. Participa de um projeto social da UFCG, o cursinho pré-vestibular solidário.

Publicado em 29/05/2014, em SIG - Sistemas de Informações Geográficas e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: