JY Geotecnologias – Estamos prontos para lhe atender *

  JY  Geotecnologias

Contatos vía e-mail: yresveloso@hotmail.com / andrepbgeo@hotmail.com / jyespanhola@yahoo.com.br

Resultado de imagem para whatsapp83-98613-1882

Anúncios

Sensoriamento Remoto na vegetação: orientações da simbologia!

16/05/2018  JY  Geoteccnologias

19-05-2818 blog

Açude São Domingos, próximo do Rio Paraíba – Cariri Paraibano – Caatinga – Semiárido

blog 16-05-18.PNG

Pivôs-centrais – GOIÁS

Oi pessoal,

Estaremos divulgando aqui a importância do que é saber a forma de como através das cores e formas podemos classificar e determinar as mudanças e desenhos da vegetação, dependendo do seu comportamento espacial e fenológico. Temos muito a conversar sobre isso! 

Pois bem, costumamos representar pela cor VERDE a vegetação né isso?!, pois bem nem só o verde é representativo para essa situação. Por quê? Porque ocorrem variações na estrutura, no desenvolvimento da vegetação, bem como categorias para que se faça associações, onde cito aqui como exemplo, as florestas, os arbustos, sendo estes densos ou não densos, ralos, com frutos, sem frutos, perímetro cultivado ou não cultivado, etc.

Pois bem, partindo para o mapeamento, de preferencia mapas temáticos, particularmente, costumo representar essas situações que ocorre na vegetação de várias formas tendo em vista o uso correto de como representá-lo conforme os símbolos que eu escolho. 

Vejamos: 

  1. Evite deixar muito colorido (um arco-íris) em suas formas de representar o tema que você escolheu, a vegetação por exemplo. Um tom verde escuro e verde claro, tracejado, com bolinhas, ou sem, vai depender sempre da situação que ocorre no alvo. Um perímetro irrigado que contenha culturas dos citros por exemplo, use um tom verde de fundo com bolinhas marrons ou verdes, para a cultura do algodão, represente-a com bolinhas brancas ou até verdes.
  2. Vegetação que apresente falhas nas folhas ou doenças, represente-as com um tom branco de fundo e cruzes marrons ou vermelhas; Matas e florestas, abuse do verde intenso, sólido ou opaco. Vegetação da Caatinga, coisa nossa, use fundo verde claro com formas triangulares marrons representando os espinhos, a resistência, a vegetação cinza. 
  3. Não esquecer que a descrição para cada símbolo é importante para cada situação ok?! Digo isso porque quer queira ou não, quem é especialista no assunto, vai questionar você! Outra coisa, traço é traço e polígono é polígono, e por Deus não represente uma situação dessas, de algo acumulativo ou cheio lá no terreno representando estes por linhas, traços, isso não cola.

Até as próximas postagens !

 

ANA – cursos: Água e Floresta: uso sustentável na Caatinga EaD

17/05/2018  JY Geotecnologias

Oi gente,

A ANA abre inscrições para o curso Água e Floresta: uso sustentável na Caatinga, muito importante para quem estuda e trabalha com esse bioma!. Inscreva-se até o dia 27/05:

DRONES: Financiamento Banco do Brasil!

16/05/2018  JY  Geoteccnologias

III Simpósio Desafios da Fertilidade do Solo na Região do Cerrado 2018

11/05/2018  JY Geotecnologias

Olá pessoal,

Será realizado entre os dias 5 e 6 de setembro desse ano 2018, o III Simpósio Desafios da Fertilidade do Solo na Região do Cerrado, contando com programação diferenciada, totalmente voltada à área técnica e especialmente idealizada pelos professores envolvidos na organização do evento, os quais são importantes figuras do setor de produção de grãos, segundo organizadores.

O evento tem por objetivo : 

  • Apresentar a atual conjuntura econômica do setor agrícola;

  • Difundir tecnologias para aumento da eficiência de produção;

  • Apresentar tendências de manejo da adubação para elevadas produtividades;

  • Promover interação entre produtores, empresas privadas, instituições e palestrantes;

  • Apresentar novas tecnologias de manejo para produção de grãos

As inscrições estão acontecendo! Faça a sua pelo site: https://www.simposiocerrado.com/

Boa sorte!

VII SIMGEO 2018

07/05/2018  JY Geotecnologias

Olá todos,

Será realizado nos dias 08 e 09 de novembro, o SIMGEO, Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geonformação.

O simpósio apresentará as inovações para os mapeamentos da superfície terrestre, uso de Drones, e a importância das novas tecnologias para os estudos ambientais e agrícolas.

O simpósio é realizado pelo Departamento de Engenharia Cartográfica e pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em parceria com o Instituto de Tecnologia de Pernambuco.

Quer saber mais? Entre aqui !

Boa sorte!

Sensoriamento Remoto na agricultura: Você conhece a Resolução nº4.427 de junho de 2015 pelo Banco Central do Brasil?

04/05/2018    JY Geotecnologias

Olá pessoal,

Acredito que vocês já tenham visto falar dessa Lei, ou até mesmo já trabalhe usando suas normas. Pois bem, é uma Lei recente em que através do Banco Central do Brasil, autoriza a utilização do Sensoriamento Remoto para fins de fiscalização e operações de Crédito Rural, demarcações de áreas agrícolas para cadastramentos. Tivemos esse assunto em uma de nossas palestras de Geoprocessamento!

Além disso, essa lei obviamente é baseada em utilizar imagens de satélites com resolução inferior a 30m, para facilitar a identificação de áreas agrícolas, bem como todo o processo que envolve o desenvolvimento da planta( plantio, crescimento, maturação, fase final do desenvolvimento, colheita), como também o tamanho, perda de folhas, em épocas que sejam importantes para uma melhor colheta, sem que haja tanta perda agrícola.

blog 04-05-2018.PNG

Fazenda na Paraíba com produção agrícola fora da época chuvosa em pleno Semiárido.

Muitos do pesquisadores e pessoas que trabalham com o geo, usam imagens de satélite gratuitas de preferencia e logicamente buscam por imagens que tenham resolução bem inferior a 30m, como no meu caso que utilizo as do satélite Sentinel, mas a quem use a do Landsat, além da resolução radiométrica, a qual se encontra nas normas da Lei, interior a 10 bits.

Se você não conhecia essa Lei então recomento você baixar aqui para ler um pouco mais sobre: Resolução nº4.427 de junho de 2015.

Quero lembrar para todos vocês , principalmente a quem até então não conhece que essa Lei consiste apenas para o uso de imagens de satélite ok! Veículos aéreos não tripulados, como Vants, Drones, Aviões não entram nessa Resolução.

Até mais gente!

 

Estação Total Linertec, condições especiais de pagamento!

 

Feria de Tecnología Agrícola y Agronegocios del Mediterráneo y Foro Internacional del conocimiento e innovación agrícola 2019

24/04/2018  JY Geotecnologias

Hola todos,

Vamos a participar de la Feria de Tecnología Agrícola y Agronegocios del Mediterráneo, que tendrá lugar en IFEPA-Palacio de Ferias y Exposiciones de la Región de Murcia, del 3 al 6 de abril de 2019.

Después del éxito alcanzado en la pasada edición, tanto a nivel de empresas participantes como de profesionales que visitaron esta muestra, FAME INNOWA será de nuevo la cita ineludible para las empresas fabricantes de medios de producción agrícola y la innovación tecnológica en el sector agrícola. De esta forma, se van a dar cita empresas líderes en tecnología agrícola a nivel nacional e internacional para dar a conocer los más recientes avances técnicos y las últimas novedades que son aplicadas en todos los procesos de agricultura, un sector económico cada vez más global y competitivo.

Para que sepas más, haz un clic aquí en el sítio: http://fameinnowa.es/

Suerte*

Por: fameinnowa

Tecnologia de Drone para produção de cultivos !

23/04/2018  JY  Geotecnologias

Resultado de imagem para el dron

Olá todos,

Quanto à importância para a agricultura, todos nós entendedores da geotecnologia sabemos o quão é necessário para a melhora da produção agrícola e o manejo. Pois bem, acadêmicos da Universidade do Oeste da Escócia, Universidade de Strathclyde e do Instituto James Hutton Institute, liderados pela empresa de Glasgow Wideblue, começaram a desenvolver um novo tipo de sistema de imagem hisperespectral  para ajudar os negócios agrícolas a monitorar e maximizar a produção de cultivos em campos e estufas.

Espera-se que os sensores sejam 90% mais baratos que os equipamentos atuais disponíveis e tem o potencial de fazer imagens espectrais de alta resolução significativamente mais acessíveis para o setor agrícola.

O sistema HSI, que está sendo fabricado pela Wideblue, usa os filtros ópticos lineares variáveis da Universidade do Oeste da Escócia para dispersar a luz refletida de plantas para cores e comprimentos de ondas específicos. Os dados de imagens espectrais são depois capturados e analisados usando dados sofisticados para trazer um número de indicadores chave para produtores sobre as condições de cultivos.

Fonte: Agrolink

Fique atento as atualizações quanto aos Levantamentos Geodésicos no país!

18/04/2018   JY  Geotecnologias

Logo do IBGELogo do IBGELogo do IBGEResultado de imagem para ibge

Olá todos,

O IBGE está disponibilizando documentos importantes quanto as  “Especificações e Normas para Levantamentos Geodésicos Associados ao Sistema Geodésico Brasileiro” . Toda essa inovação visa melhorar a padronização das diferentes técnicas, os métodos de coleta e processamento utilizados nos levantamentos geodésicos para fins de integração ao Sistema Geodésico Brasileiro (SGB), além de especificações de levantamento por GPS.

O documento encontra-se disponível no site do IBGE ! Confiram !